segunda-feira, 10 de julho de 2017

Eu por acaso continuo a festejar

Eu por acaso sempre disse que ia à final. Eu por acaso se tivesse que escolher uma final era aquela. Eu por acaso se tivesse que escolher uma cidade era aquela. Eu por acaso se tivesse que escolher um adversário era aquele. Eu por acaso se tivesse que escolher um filme era aquele. Eu por acaso até a lesão, até a substituição, até o prolongamento, até o protagonista, teria escolhido. Eu por acaso nunca me senti tão representado como naquele remate. Eu por acaso sempre achei que íamos ganhar mesmo. Eu por acaso, mesmo um ano depois, ainda revivo aquele momento como se tivesse sido ontem. Eu por acaso acho que éramos melhores.



Eu por acaso acho que não foi por acaso.

#Saladejogos