sexta-feira, 16 de junho de 2017

Pontes

Mais calmo. Muito menos interrupções. Paira no ar uma espécie de cumplicidade (talvez diferente e não apenas acrescida) entre os que estão.
A produtividade é outra. E até nos sentimos mais valorizados.
Claro que gosto dos feriados e dos fins-de-semana. E obviamente que gosto de aproveitar os dias de bom tempo.
Mas há qualquer coisa nas pontes.
Cada vez mais, gosto de trabalhar em dias de ponte.

#Saladeestar